quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

V

Sentindo o mundo parado

à minha volta giro.

Em mim mesmo encontro a velocidade

vadia.
varia.
Essa tristeza é aparente.
Água em nascente rasa,
enferruja o que há de forte.

Trava. Estagna. Estanca. Entope. Impede.

não nada, não flui.

domingo, 4 de maio de 2014

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Forma

A cerca do arame
dói quando deixa farpas.

Acerca das ideias
das farpas do arame
arrancam lascas
e cascas.

Baixas orgias que
só o masoquista
consegue amar.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Meu...

A dor é um elixir que bebo com afã.
          Das coisas que escrevi acho que a maioria escrevi para você.

Não sei quando parar e não sei medir quanto medo tenho, 
na realidade, me importa o que perco 
          quando não escolho amar o que ganho.

Permito que essa vida flua pela ponta do dedo que cortei para escrever o que você não quer saber.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Décadas

Por invisível que pareça
a imagem, que conheço, se desalinha.
No presente, esqueço.
Sou sonho.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Gancho


Hoje encontrei Oswald.

Ele sorriu e abriu os braços. Quando pensei que fosse me abraçar, disse quase gritando.

— Tudo isso é meu, filho.

E eu perguntei:

— Mas você criou tudo isso?

E ele respondeu:

— Você é burro? Isso aqui (,) é um cisco.